18 março 2015

COMO UM CORDEIRO SEM VOZ DIANTE DAQUELE QUE O TOSQUIA (Act. 8,32)

Uns querem vencer com o ruído e a violência das palavras. 
Outros convencem sem barulho nem atordoamento.
A verdade é mais profunda que a vozearia, e mais poderosa que a coação.
A verdade é serena como a aurora!
"Faz mais ruído uma só árvore que cai, do que uma floresta inteira a crescer"!
Senhor, às vezes é uma tempestade: palavras, gestos, gritos...
O que importa é vencer!

Deixa que aprenda conTigo, Senhor, a calar-me.
Ajuda-me a fazer silêncio...
que eu cresça como a floresta!...

Abraço Fraterno Irmãos em Cristo.

Paz e Bem

Josélia Micael

1 comentário:

  1. Olá, querida Josélia
    O silêncio é indispensável... sem ele eu não viveria bem...
    Salve São José!!!
    Bjm qauresmal

    ResponderEliminar

Obrigado a todos pela vossa visita!
Deixe o seu comentário...!
Sempre será bem-vindo.
Paz e Amor em Cristo Jesus.