14 junho, 2018

FALANDO COM DEUS

FORTALECEI-VOS NO SENHOR, PELO
SEU SOBERANO PODER (Ef. 6. 10)

O homem possui certa medida de força.
Jesus é a força por essência.
*
São Boaventura enumera cinco  atitudes
pelas quais o homem, revestido com a força
de Jesus, mais cresce interiormente:
- quando empreende coisas difíceis e enfrenta
  resolutamente os obstáculos (Cornt. Sl. 30,25);
- quando despreza as coisas da terra (Fil. 3,8);
- quando pacientemente suporta tribulações
  (Cont. 8,8);
- quando resiste com fortaleza às tentações
  (1 Ped 5. 8-9);
- quando testemunha corajosamente o
  anúncio de Jesus (2 Tim 4,7); combatendo
  as concupiscências domando os vícios,
  trazendo aquisição das virtudes.

  Senhor, quero crescer interiormente, mas
tenho medo das dificuldades e tribulações.
Reveste-me com a Tua força.

Meu Abraço Fraterno a todos,
❤😇💥

Irmãos em Cristo.
🙏



06 junho, 2018

REFLEXÃO DE HOJE


A TERÇA PARTE DOS HOMENS FOI
EXTERMINADA PELO FOGO, PELO
FUMO E PELO ENXOFRE (Ap. 9,18)

O tabagismo, vulgarizado no século XVI,
tem dado os seus defensores e opositores.
Estudos recentes provam a nocividade do
seu uso: cancro, bronquites, doenças do
coração e vasos sanguíneos...

O fumador produz efeitos de uma
  chaminé ambulante: suicida-se e mata.
Amar a própria vida e a vida dos outros,
pela abstenção do fumo, pode constituir 
um acto heróico.

Como poderia ser útil o fumador, se
contribuísse o que gasta com o fumo pelos
mais necessitados!
Como poderia poupar a sua vida e melhorar
a dos outros!
Como seria bem melhor, se os campos de
cultura de tabaco se transformassem em
searas!

Senhor, dá-me fortaleza, preciso de vencer!

Meu Fraterno Abraço, Irmãos em Cristo!

💖💥🙏😇




28 maio, 2018

FALANDO COM DEUS

SE ALGUÉM QUISER VIR APÓS MIM... 
TOME A SUA CRUZ (Mt. 16,24)

Para redimir o Mundo, o filho do Homem
é pregado na cruz ( Jo. 3.14).
Para ser discípulo do Filho do Homem,
é necessário tomar a cruz: " Quem não toma
a sua cruz para Me seguir, não é digno de
Mim" ( Mt. 11,36).
*
Há diversos modos de levar a cruz:
- com revolta,
- com resignação fatalista,
- com amor!
Não permitais, Senhor, que eu alguma vez
me revolte pelo peso esmagador da cruz:
*
Há ocasiões em que estou debilitada:
não tenho forças... deixo escorregar a cruz!
Reconheço que não sou Teu discípulo a
tempo inteiro!
Sei que, levando a cruz a rastejar, ela se
torna mais pesada, mas... sou tão frágil!...
*
Encoraja-me, Senhor! 
👼🙏

BOA NOITE A TODOS IRMÃOS EM CRISTO*
MEU FORTE ABRAÇO, ABENÇOADA SEMANA!
💓👼🙏


20 maio, 2018

DOMINGO DE PENTECOSTES

«Recebei o Espírito Santo»


Hoje, no dia de Pentecostés se realiza o cumprimento da promessa que Cristo fez aos Apóstolos. Na tarde do dia de Páscoa soprou sobre eles e lhes disse: «Recebei o Espírito Santo» (Jo 20,22). A vinda do Espírito Santo o dia de Pentecostés renova e leva à plenitude esse dom de um modo solene e com manifestações externas. Assim culmina o mistério pascal.

O Espírito que Jesus comunica cria no discípulo uma nova condição humana e produz unidade. Quando o orgulho do homem lhe leva a desafiar a Deus construindo a torre de Babel, Deus confunde as suas línguas e não podem se entender. Em Pentencostés acontece o contrário: por graça do Espírito Santo, os Apóstolos são entendidos por pessoas das mais diversas procedências e línguas.

O Espírito Santo é o Mestre interior que guia ao discípulo até a verdade, que lhe move a obrar o bem, que o consola na dor, que o transforma interiormente, dando-lhe uma força, uma capacidade nova.

O primeiro dia de Pentecostes da era cristã, os apóstolos estavam reunidos em companhia de Maria e, estavam em oração. O recolhimento, a atitude orante é imprescindível para receber o Espírito. «De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles» (At 2,2-3).

Todos ficaram cheios do Espírito Santo e, puseram-se a predicar valentemente. Aqueles homens atemorizados tinham sido transformados em valentes predicadores que não temiam o cárcere, nem a tortura, nem o martírio. Não é estranho; a força do Espírito estava neles.

O Espírito Santo, Terceira Pessoa da Santíssima Trindade, é a alma da minha alma, a vida da minha vida, o ser de meu ser; é o meu santificador, o hóspede do meu interior mais profundo. Para chegar à maturação na vida de fé é preciso que a relação com Ele seja cada vez mais consciente, mais pessoal. Nesta celebração de Pentecostes abramos as portas de nosso interior de par em par.
Mons. Josep Àngel SAIZ i Meneses Bispo de Terrassa.
(Barcelona, Espanha)

Meu Fraterno Abraço Irmãos em Cristo



16 maio, 2018

ORAÇÃO E REFLEXÃO SOBRE MARIA

🙏
A grandeza de Maria não consiste
em imaginarmos que ela nunca 
foi assaltada pela confusão.
Consiste, isso sim, em que,
quando não entende qualquer coisa,
Maria não reage com angústia,
impaciência, irritação, ansiedade
ou susto.
Entender? Saber? Isso não é
o mais importante. Maria também
não entendeu as palavras do
Menino de doze anos; no entanto,
também nesse caso a sua reacção
foi sublime. O importante não é
o conhecimento mas a fé,
e certamente a fé de Maria escalou
nesse dia a mais alta montanha.

Maio mês de Maia!
Altura para reflectir sobre Maria nossa Mãe,
e Mãe de Jesus Nosso Senhor.*

Um grande Bem Haja a todos
Irmãos em Cristo!
Meu Abraço Fraterno 💖




  

22 abril, 2018

EVANGELHO (Jn 10,11-18):

😇Imagem relacionada
EU SOU O BOM PASTOR
«O BOM PASTOR DÁ A VIDA PELAS SUAS QVELHAS»


Hoje, Jesus nos diz: «Eu sou o bom pastor» (Jo 10,11). Comentando Santo Tomás de Aquino esta afirmação, escreve que «é evidente que o título de “pastor” lhe convém a Cristo, já que da mesma maneira um pastor conduz o rebanho à pastagem, assim também Cristo restaura os fiéis com um alimento espiritual: seu próprio corpo e seu próprio sangue». Tudo começou na Encarnação, e Jesus o cumpriu ao longo de sua vida, levando-o ao fim com sua morte redentora e sua ressurreição. Depois de ter ressuscitado, confiou este pastoreio a Pedro, aos Apóstolos e à Igreja até o fim dos tempos.

Através dos pastores, Cristo dá sua Palavra, reparte sua graça nos sacramentos e conduz o rebanho para o Reino: Ele mesmo se entrega como alimento no sacramento da Eucaristia, e comunica a Palavra de Deus e o seu Magistério, e guia com solicitude o seu Povo. Jesus tem procurado para sua Igreja pastores segundo seu coração, quer dizer, homens que, impessoalizando-o pelo Sacramento da Ordem, doem sua vida pelas ovelhas, com caridade pastoral, –com humilde espírito de serviço, com clemência, paciência e fortaleza. Santo Agostinho falava frequentemente desta exigente responsabilidade do pastor: «Esta honra de ser pastor me tem preocupado (...), mas lá onde me aterra o fato de que sou para vocês, me consola o fato de que estou entre vocês (...). Sou bispo para vocês, sou cristão com vocês».

E cada um de nós, cristãos, trabalhamos apoiando os pastores, rezamos por eles, amamos-lhes e obedecemos-lhes. Também somos pastores para os irmãos, enriquecendo-os com a graça e a doutrina que temos recebido, compartindo preocupações e alegrias, ajudando todo o mundo com o coração. Interessamo-nos por todos aqueles que nos rodeiam no mundo familiar, social e profissional até dar a vida por todos com o mesmo espírito de Cristo, que veio ao mundo «Pois o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida em resgate por muitos» (Mt, 20,28).

+ Rev. D. Josep VALL i Mundó
(Barcelona, Espanha)

Meu Abraço Fraterno Amigos em Cristo Jesus!

Grata pela sua visita !