18 setembro 2015

PERDOA-ME SENHOR

Se,extenuado, caio no meio do caminho,
perdoa-me, Senhor.
Se o meu coração vacila perante a dor,
perdoa-me, Senhor.

Perdoa a minha cobardia.
Perdoa as minhas hesitações.

A magnífica grinalda
que ofereci a Deus esta manhã,
já está a murchar,
a sua beleza desvanece-se.
Perdoa-me Senhor.*

Meu Abraço Fraterno, 
a todos Irmãos em Cristo.*

* * * * * * * * * *
Josélia Micael

2 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Josélia
Ele sempre nos perdoa... porque nos ama...
Lindo poema!
Bjm fraterno

Josélia Micael disse...

Obrigada querida amiga!
Sem Ele a vida não tinha sentido!...
Beijos de luz em seu coração.
Abraço Fraternal.