10 julho 2011

QUEIXUME


Eu tenho tanta saudade,
De ti meu filhinho querido!
Saudade: de teu rosto beijar!
Saudade: de sentir teu cheirinho!
Saudade: de te abraçar!
Saudade: de te mimar e de,
te dar meu carinho!
Eu não devia ter-te perdido.
Era aqui o teu lugar!
Eu não podia sem ti ficar.
Tudo o que era colorido,
ficou cinzento, e a preto e branco!
Tudo o que era florido,
É prado seco no campo.*
Meu Deus !
Dá-me uma luz
Para poder continuar,
meu caminho!
Até que um dia me leves,
Para junto de meu filhinho.*
Que o Senhor te dê a paz
Eterna e te ilumine
por todo o sempre, 
AMÉN*

Tua mãezinha, triste...*
*
( 22-7-2001 )


Josélia Micael