05 março 2017

I DOMINGO DA QUARESMA

Todos temos a boa vontade. Apesar disso ofendemo-nos mutuamente, ferimo-nos uns aos outros, porque não temos os mesmos gostos, nem as mesmas inclinações, nem a mesma maneira de ser.

Daí a necessidade, que nos urge, de sermos mutuamente compreensivos, de sabermos compreender, de dissimularmos o que nos magoa, de perdoarmos, de esquecer agravos, de não sermos excessivamente susceptíveis. Quem perdoa é digno de ser perdoado: com a medida com que medirdes, sereis medidos. Quem não ama ninguém não estranhe que ninguém o ame!

É condição indispensável para podermos rezar o Pai Nosso, perdoarmos as ofensas que recebemos, para sermos perdoados das ofensas que infligimos; perdoarmos aos homens para que Deus nos perdoe a nós. "Se fores apresentar uma oferta sobre o altar e ali te recordares de que o teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa lá a tua oferta diante do altar, e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão; depois volta para apresentar a tua oferta" ( Mt. 5,23-24).

Que o nosso caminho Quaresmal, seja um caminho de Amor, de partilha, humildade e reflexão; para que todos unidos em oração, possamos contribuir para um mundo melhor!

Um Abraço de Paz e Amor para todos vós!
Irmãos em Cristo Jesus.*


 

2 comentários:

  1. Uma página muito boa para se refletir.
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite, querida amiga Josélia!
    Uma santa e abençoada quaresma eu lhe desejo. ..
    Minha bondosa amiga, reze por mim...
    Bom muito fraterno

    ResponderEliminar

Obrigado a todos pela vossa visita!
Deixe o seu comentário...!
Sempre será bem-vindo.
Paz e Amor em Cristo Jesus.