24 outubro 2014

ORANDO E REFLECTINDO


Não é difícil ser corajoso, sentir-se corajoso, quando tudo corre bem; nem é difícil sentir coragem quando se está a lutar. A luta tempera o aço do espírito. Mas sentir coragem na derrota já não é tão fácil. Sentir coragem de ir em frente quando tudo desmoronou, quando tudo correu mal, isso é próprio só dos verdadeiramente fortes. Sentir-se com força e ânimo mesmo perante a própria derrota, é algo que pertence só aos verdadeiros homens, que puseram a sua confiança em Deus e, por isso, da derrota mais humilhante são capazes de surgir a mais retumbante vitória. Lembra-te de que as grandes vitórias podem estar muito perto das grandes derrotas. Depende de ti e de Deus que a derrota se converta em vitória.


"Não percais, pois, a vossa confiança, à qual uma grande recompensa está reservada. É preciso, efectivamente, que persevereis, cumprindo a vontade de Deus e alcançando, assim, a promessa" 
(Heb. 10, 35-36). É preciso ter paciência também nos nossos fracassos, nas nossas derrotas e quedas. Deus permite tudo isso na nossa vida, porque quer que nos mantenhamos em humildade.

Abraço Fraterno a todos, Irmãos em Cristo Jesus.*
Desejo a todos um fim de semana Abençoado*

Josélia Micael

1 comentário:

  1. Olá, querida Josélia
    Que Jesus possa continuar abençoando vc e os seus!!!
    Bjm fraterno

    ResponderEliminar

Obrigado a todos pela vossa visita!
Deixe o seu comentário...!
Sempre será bem-vindo.
Paz e Amor em Cristo Jesus.