12 agosto 2014

COMO UM CORDEIRO SEM VOZ DIANTE DAQUELE QUE O TOSQUIA (Act. 8,32)


Uns querem vencer com o ruído e a vio-
lência das palavras. Outros convencem
sem barulho nem atordoamento.
A verdade é mais profunda que a voze-
aria, e mais  poderosa  que a  coacção.
A verdade é serena como a aurora!
*
"Faz mais ruído uma só árvore que cai,
do que uma floresta  inteira  a crescer"!
*
Senhor,  às  vezes é uma tempestade:
palavras, gestos, gritos...
O que importa é  vencer"!
*
Deixa que aprenda conTigo, Senhor,
a calar-me.
Ajuda-me a fazer silêncio... que eu
cresça como a floresta!...

Graças de Deus para todos...
Irmãos em Cristo Jesus!


Josélia Micael

Sem comentários: