03 fevereiro 2014

FALAR COM DEUS

Duas forças adversas lutam dentro de mim: a força que tem como horizonte a luz anunciadora da aurora, e a força da morte entorpecedora que aponta o caminho da treva, do sofrimento, da angústia.
E nesta luta de cada dia, há momentos episódicos de derrota e de triunfo: não realizo o bem que quero e faço o mal que não quero.
*
Senhor, por  quantos  momentos  de  escuridão  eu  tenho passado! Quantas  derrotas tenho sofrido!
Mas reconheço, que Tu não me abandonas, mesmo quando, alquebrado de forças, o meu adversário me tenta esmagar.
*
Dou-te graças, Senhor, porque sei que hei-de ser libertado deste corpo de morte e, pela Tua misericórdia, espero o dia em que hei-de viver na plenitude da liberdade!

PAZ E BEM EM CRISTO*

Josélia Micael

Sem comentários: