24 janeiro 2014

O PRÉMIO DOS POBRES

Cada dia tem as suas provocações.
Todos os dias aparecem contratempos.
As provocações desafiam a nossa fé,
situam-se na linha das que 
Abraão experimentou.
O exemplo do «Pai dos crentes» é
imorredouro, cheio de actualidade.
Saber esperar é uma das atitudes que
devemos cultivar, com engenho, esforço
e arte, mais do que nunca.
A vida é pontilhada de surpresas.
Quem vive na fé sabe enfrentá-las, não
se apavora quando os obstáculos surgem.
E, por saber que o tempo é breve,
não se agarra ao acidental, não se apega
a tesouros efémeros. Ter fé é saber 
esperar.
Imensa e irretocável, a frase de 
Bermanos: «Os pobres têm o segredo
da Esperança.» Todos somos frágeis,
muito pobres, necessitamos da força
do alto.*


Roque Schneide                                   Meu Abraço Fraterno*
Paz e Bem*

Josélia Micael

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado a todos pela vossa visita!
Deixe o seu comentário...!
Sempre será bem-vindo.
Paz e Amor em Cristo Jesus.