29 abril 2013

A ELOQUÊNCIA DO SORRISO

Toda a gente percebe e sente,
na chegada ou na saída,
se é bem ou mal recebida
em casa ou noutro local.
Já reparou como um simples
sorriso jovial liberta, aproxima
e desanuvia, arejando o ambiente?
Um rosto casmurro, fechado,
inibe, assusta e distancia.
A esperança
é irmã-gémea da alegria
e prima da fraternidade.
O sorriso é um lencinho branco,
a acenar, descontraído, eloquente
- Entre, sinta-se à vontade,
a casa é sua, totalmente!

Roque Schneider

PAZ E BEM AMIGOS
EM JESUS CRISTO*
ABRAÇO FRATERNO*

Josélia Micael