03 janeiro 2013

PRÓLOGO


A vida é caminho incerto
Que é preciso desbravar
Itenerário sinalizado
P'ra cada qual descodificar.
Um simples papel em branco
Pode deixar-nos perplexos
Um sorriso, coisa tão simples
Por vezes bem complexos.
Pela beira dos caminhos,
Estes que vamos trilhando
Brotam flores... ervas... espinhos
Parece que nos estão desafiando.
Nos recantos do universo,
Crianças, jovens, adultos, anciãos...
Vão desfilando surpresas, aventuras...
Quantas nos escapam das mãos.
Além no cume da serra
Altos pinheiros esguios
Desafiam as alturas
Numa comunicação sem fios.
Aldeias, vilas, campos, cidades...
Fervilham de vida, cor, agitação...
Todos na busca do caminho,
Quantos sabem onde vão?
As ondas do mar se agitam
Num constante ir e voltar
Espreguição-se nas praias de areia
Prontas sempre para as abraçar.
Quem minhas páginas abrigo.
De muitos sou conhecido.
O que digo não é enigma
Faço parte da sua vida
Como coisa bem querida.
2013 aí está
Carregado de expectativa
Aproveite cada instante, disfrúte
Sorria, ame, espere, viva a vida!

(Deolinda Araújo)


Josélia Micael                         QUE O NOSSO CAMINHO SEJA DE PAZ*

Sem comentários: