18 julho 2012

DAR-TE TUDO



Ia mendigando de porta em porta, quando o Teu carro
 de oiro apareceu ao longe...
Parecia um sonho esplêndido e pude admirar o Rei dos
 reis! As minhas esperanças cresceram e pensei:
"Acabaram-se os maus dias" e dispus.me a esperar 
uma esmola espontânea e riquezas espalhadas pelo chão.
O carro parou mesmo onde eu estava. O teu olhar caiu
 sobre mim e desceste sorrindo.
Percebi que tinha chegado a oportunidade da minha
 vida! Mas... 
Tu estendeste-me a mão direita e disseste:
"Que tens para me dar?"
Ah! Mas que história é essa do Rei estender a mão
para mendigar do mendigo?
Confuso e perplexo, do fundo da minha sacola tirei
lentamente um pequeno grão de trigo e dei-To.
Continuei o meu caminho triste e desiludido...
Como foi enorme a minha surpresa quando, ao fim do
dia, ao esvaziar a minha sacola, encontrei um 
grãozinho de oiro entre os outros grãos!
Chorei amargamente e ia repetindo comigo: "Porque 
não tive eu a coragem de dar tudo?...
Porque não dei tudo?
DO EVANGELHO DE S. LUCAS: (6, 38)
"Dai e dar-se-vos-á... Uma boa medida cheia
calcada, a transbordar...
A medida que empregardes será usada para vós". 

(*PAZ E BEM EM JESUS CRISTO*)

Josélia Micael