15 fevereiro 2012

Stos. ROMÃO MACÁRIO E RUFINO


Às vezes o sol oculta-se atrás de uma cortina de nuvens. Na vida, às vezes a alegria oculta-se atrás das montanhas das preocupações. Mas não deves esquecer que, mesmo quando o sol se oculta, continua a brilhar limpidamente por cima das nuvens. Da mesma forma, tu, acima das tuas preocupações e problemas, deves conservar sempre a calma, que tornará possível o brilho do sol da alegria na tua vida. Deves reservar sempre no teu coração um lugar onde não permitas que entre perturbação ou o desânimo; deve ser o teu lugar sagrado em que penetrem a paz, a serenidade, e tranquilidade. Numa palavra: Deus. Sim, porque Deus é precisamente isso: paz, tranquilidade, bem-estar. O mal, pelo o contrário, é sempre tempestade, trovoada, raio devastador, trovão ameaçador, tristeza esgotante, desalento que chega a estancar as fontes da vida, o dinamismo da actividade criadora.*


"Vós, Senhor da força, julgais com bondade, e governai-nos com grande indulgência, porque sempre Vos é possível usar do Vosso poder, quando quiserdes" (Sab. 12, 18). ... "para que tenhamos vida tranquila e sossegada, com toda a piedade e honestidade. Isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador"
(I Tim. 2,2-3 a). «Não confieis na violência, não entregueis o coração às riquezas»




PAZ E BEM PARA TODOS
Josélia Micael