10 fevereiro 2012

O SENTIDO DA VIDA


Os dias de sol são bem mais alegres do que os dias
de temporal. A vida será mais agradável quando encarada
com optimismo, do que quando é olhada com desconfiança.
Por isso,

Canto à manhã, que viu a minha juventude,
e ao sol, que dia a dia nos traz nova inquiétitude.
Canto a minha mãe, que deu vida ao meu ser,
canto à terra, que me viu nascer.
E canto ao dia em que senti amor,
andando pela vida, aprendi esta canção.
E algumas vozes amigas brindam-nos com estas
estrofes:
Canto à flor do campo, canto ao vento, canto ao
mar,
canto à luz que morre no trigal,
canto ao amor sincero, canto ao fogo do lar,
canto à verdadeira liberdade.
Canto aos verdes prados, canto ao ar, canto ao sol.
Canto ao azul do céu e ao amor.
Canto à gente humilde, que me olha sem rancor,
canto à paz do mundo, canto a Deus Nosso Senhor

***Bênçãos para todos os irmãos em Jesus Cristo. Amén.***


O verdadeiro sentido da vida é "a Vida da graça".
Explica-o muito bem S. João quando diz: "A vida eterna
consiste nisto: Que Te conheçam a Ti único Deus verdadeiro,
e a Jesus Cristo, a Quem enviaste" (Jo. 17,3).

Josélia Micael.