15 dezembro 2011

S.TOS MAXIMINO E VALERIO

ADVENTO  TEMPO DE REFLECÇÃO 
No Evangelho lê-se a conhecida afirmação de Jesus: "Pelos seus frutos os conhecereis". Nós falamos muito e fazemos  pouco; ora os frutos não são as bonitas palavras que dizemos, mas as poucas e pequenas obras que realizamos. Cumprir o dever, mesmo que ninguém o fiscalize nem o conheça; guardar fidelidade a um amigo  que nos confiou um segredo, sem fazer alarde disso; não se deixar dobrar pelo o respeito humano; nunca ter duas caras para ninguém; dissimular as faltas de cortesia dos que nos são próximos; poupar aos outros trabalhos e aborrecimentos - tudo isto, e outras coisas parecidas, são frutos, frutos maduros e verdadeiros, que nos credenciam perante a consciência e perante Deus. Não encurtar o tempo que deve ser utilizado para os outros; não mortificar ninguém; ser condescendente com todos, mesmo à custa do nosso descanso.. isto são frutos, e frutos maduros.*

"É glorioso o fruto dos bons trabalhos e a raiz da prudência é  imperecível" (Sab. 3,15). "O fruto da luz consiste na bondade, na justiça e na verdade" Ef. 5,9). Os frutos do Espírito de Deus são sempre a bondade e o amor; quando nalguma atitude tua não vejas bondade nem amor  fica certo de que não foste movido pelo Espírito de Deus.*

Esta leitura ajuda-nos a reflectir um pouco sobre as nossas atitudes, para com o próximo.*

Um Bem Haja para todos em Jesus e Maria Santíssima.*

Josélia Micael

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado a todos pela vossa visita!
Deixe o seu comentário...!
Sempre será bem-vindo.
Paz e Amor em Cristo Jesus.