28 outubro 2011

S. SIMÃO E S. JUDAS TADEU

Compadecer significa padecer com outro; mas não  se pode sofrer com outro, se antes não se sofreu sozinho. Compreender é aprender com outro; mas isto requer que antes tenhamos aprendido sozinhos. Por isso, não deves pensar que estás a perder o tempo e os esforços, quando sofres sozinho; estás a tornar-te capaz de sofrer com os outros. Quem sabe sofrer, sabe fazer sofrer menos; quem sabe chorar, sabe compreender melhor os que choram. Às vezes sofre-se mais do que Deus quer, porque se sofre como Deus não quer, ou porque não se sofre com os outros. Não podemos compreender o que significa uma lágrima, se antes não sentimos o seu sabor salgado escorregando pelas nossas faces e chegando aos nossos lábios. Que curioso! As próprias lágrimas sabem a salgado, e as lágrimas dos outros sabem a doce quando se misturam com as nossas!

       "Ouvi, Senhor, a minha oração, escutai o meu clamor, não fiqueis sensível às minhas lágrimas. Diante de Vós, não sou mais do que um peregrino, um estrangeiro como todos os meus antepassados" (SI. 39, 13). O Senhor escuta sempre as nossas súplicas, se lhe forem apresentadas com a devida humildade e confiança na sua bondade infinita.

 Josélia Micael

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado a todos pela vossa visita!
Deixe o seu comentário...!
Sempre será bem-vindo.
Paz e Amor em Cristo Jesus.